Eventos Personalizados

Esta página assume que você já leu o Básico sobre Componentes. Leia lá primeiro se você for novo com componentes.

Nomes dos Eventos

Diferente dos componentes e propriedades, os nomes dos eventos não possuem nenhuma transformação. Sendo assim, o nome de um evento emitido deve corresponder exatamente ao nome usado para chamar esse evento. Por exemplo, caso for emitir um nome de evento camelCased:

this.$emit('myEvent')

Fazer a escuta a uma versão kebab-cased do evento não terá efeito:

<my-component v-on:my-event="doSomething"></my-component>

Diferente dos componentes e propriedades, os nomes de eventos nunca serão usados como variáveis ou nomes de propriedades JavaScript, então não há motivos para usar camelCase ou PascalCase. Além disso, v-on é uma escuta de eventos contida dentro do DOM que transforma automaticamente o nome em letras minúsculas (devido ao HTML não diferenciar letras maiúsculas e minúsculas), então v-on:myEvent se tornaria v-on:myevent, sendo assim myEvent não seria possível de se escutar.

Por isso, recomendamos que sempre use kebab-case nos nomes dos eventos.

Personalizando v-model do Componente

Novo em 2.2.0+

Por padrão, v-model é uma estrutura que possui value como uma propriedade e input como um evento, mas alguns tipos de inputs como por exemplo checkboxes e radio buttons podem usar o atributo value para diferentes propósitos. Usando a opção model, podemos evitar conflitos em alguns casos:

Vue.component('base-checkbox', {
model: {
prop: 'checked',
event: 'change'
},
props: {
checked: Boolean
},
template: `
<input
type="checkbox"
v-bind:checked="checked"
v-on:change="$emit('change', $event.target.checked)"
>
`
})

Quando usamos o v-model neste componente:

<base-checkbox v-model="lovingVue"></base-checkbox>

O valor de lovingVue será passado para a propriedade checked. E o lovingVue será atualizado quando o <base-checkbox> emitir o evento change com o novo valor.

Observe que você ainda precisa declarar a propriedade checked que está contida nas opções de props.

Eventos Nativos nos Componentes

Pode acontecer de você querer escutar diretamente um evento nativo no elemento raiz de um componente. Nestes casos, você pode usar o modificador .native no v-on:

<base-input v-on:focus.native="onFocus"></base-input>

Pode ser útil algumas vezes, mas não é boa ideia quando você está tentando escutar um elemento específico, como um <input>. Por exemplo, o componente <base-input> acima poderia ser refatorado para que o elemento raiz fosse um <label>:

<label>
{{ label }}
<input
v-bind="$attrs"
v-bind:value="value"
v-on:input="$emit('input', $event.target.value)">
</label>

Nesse caso, a escuta .native no pai causaria uma quebra silenciosa. Não apareceriam erros, mas o manipulador onFocus não seria chamado.

Para resolver esse problema, Vue fornece a propriedade $listeners contendo um objeto de escutas sendo usado no componente. Por exemplo:

{
focus: function (event) { /* ... */ },
input: function (value) { /* ... */ }
}

Usando a propriedade $listeners, você pode encaminhar todas as escutas de eventos no componente para um elemento filho específico com o v-on="$listeners". Para os elementos como o <input>, você também irá utilizar o v-model, então é útil criar um novo dado computado para as escutas, como o inputListeners abaixo:

Vue.component('base-input', {
inheritAttrs: false,
props: ['label', 'value'],
computed: {
inputListeners: function () {
var vm = this
// `Object.assign` mescla objetos para formar um novo objeto
return Object.assign({},
// Nós adicionamos todas as escutas do pai
this.$listeners,
// Então podemos adicionar escutas personalizadas ou substituir
// comportamento de algumas escutas.
{
// Isso garante que o componente funcione com o v-model
input: function (event) {
vm.$emit('input', event.target.value)
}
}
)
}
},
template: `
<label>
{{ label }}
<input
v-bind="$attrs"
v-bind:value="value"
v-on="inputListeners"
>
</label>
`
})

Agora o componente <base-input> é um empacotador totalmente transparente, ou seja, pode ser usado exatamente como um elemento <input> tradicional: todos os atributos e escutas funcionarão, sem o modificador .native.

Modificador .sync

Novo em 2.3.0+

Em alguns casos, podemos precisar de uma “interligação bidirecional” para uma propriedade. Infelizmente, a verdadeira interligação bidirecional pode criar problemas de manutenção, porque os componentes filhos podem sofrer mutações e não conseguiremos saber a verdadeira origem.

Por conta disso, recomendamos que emita os nomes dos eventos no padrão update:myPropName. Por exemplo, em um componente hipotético com a propriedade title, poderíamos comunicar a intenção de atribuir um novo valor com:

this.$emit('update:title', newTitle)

Em seguida, o pai pode escutar esse evento e atualizar uma propriedade de dados locais, se quiser. Por exemplo:

<text-document
v-bind:title="doc.title"
v-on:update:title="doc.title = $event"
></text-document>

Por conveniência, oferecemos um atalho para esse padrão com o modificador .sync:

<text-document v-bind:title.sync="doc.title"></text-document>

O modificador .sync também pode ser usado com o v-bind ao usar um objeto para definir várias propriedades de uma só vez:

<text-document v-bind.sync="doc"></text-document>

Isso passa cada propriedade no objeto doc (por exemplo, title) como uma propriedade individual, em seguida, adiciona escutas de atualização para cada v-on.

Usar v-bind.sync com objetos literais, como em v-bind.sync=”{ title: doc.title }”, não funcionará, pois há muitos pequenos casos a serem considerados na análise de uma expressão complexa.